Contato: henriquecorleone2000@hotmail.com (msn e email)

Sistema Prisional

Sistema Prisional

Márcio Santiago

BLOG DO CORLEONE

Camisas da Polícia Penal

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Suspeito de matar Agente Prisional é preso pela PCMG em Ponte Nova.


I094876
Richardson (à esquerda) e Washington                   O Crime ocorreu em dezembro passado em Ponte Nova. O Foragido se escondia em Ipatinga
IPATINGA – Dois homens, com mandados de prisão em aberto, foram presos pela Polícia Civil. A dupla foi abordada em uma residência da rua Pedras Preciosas, no bairro Iguaçu, em Ipatinga. Um deles é suspeito de assassinar um agente penitenciário em Ponte Nova.
 
O delegado Gilmaro Alves explicou que investigadores da Polícia Civil receberam a informação de que um indivíduo, foragido de Ponte Nova, estaria escondido na cidade. Eles também estariam de posse de um veículo furtado de Ponte Nova. Uma equipe de investigadores da PC foi ao local indicado e constatou a veracidade dos fatos. A partir daí, começou a fazer o monitoramento dos dois suspeitos.
 
Os agentes abordaram Richardson Rodrigues Silva, de 25 anos, e Washington Darc Luís Gonzaga, de 24 anos na noite de terça-feira. No imóvel, também foi localizado um Chevrolet Corsa Sedan furtado.
 
O delegado Gilmaro Alves explicou que Washington possui um mandado de prisão em seu desfavor por assalto a mão armada, expedido na comarca de Ipatinga. Ele admitiu que ficou preso por agressão à uma mulher, enquadrado na Lei Maria da Penha e admitiu que deve o crime do assalto. Já, Richardson, possui um mandado expedido na comarca de Ponte Nova.
 
Richardson é suspeito de ter assassinado um agente penitenciário em dezembro de 2014. Na terça-feira, ao ser abordado, ele apresentou dados falsos a polícia. “Além de já possuírem passagens e terem mandados de prisão em seu desfavor, acreditamos que eles utilizariam o veículo para o cometimento de delitos em Ipatinga. Os dois negaram qualquer acusação, inclusive Richardson”, concluiu Gilmaro Alves.
 
Nervoso, Richardson falou brevemente à imprensa sobre a acusação e negou que tenha participado do homicídio do agente: “Tem mais de dois anos que estou fora de Ponte Nova. Sou foragido de lá, por causa de tráfico de drogas, mas não tenho desavença com ninguém. Vim a Ipatinga apenas para passar o Carnaval em Ipatinga. Já, esse carro aí, comprei por R$ 1.500″, afirmou.   
Reprodução
Anderson Fialho era agente penitenciário em Ponte Nova
 
Assassinato em Ponte Nova
I094877
Anderson Fialho era agente penitenciário em Ponte Nova
O delegado Gilmaro Alves explicou que uma equipe da delegacia de Homicídios de Ponte Nova virá a Ipatinga para interrogar Richardson. Ele é apontado como o autor do crime que resultou na morte do agente penitenciário Anderson Fialho Batista, de 39 anos.
O assassinato ocorreu na noite do dia 20 de dezembro passado, na BR-120, em Ponte Nova. Anderson foi encontrado caído, dentro de uma vala, próximo a sua motocicleta. A perícia da Polícia Civil constatou quatro perfurações em seu tórax, provenientes de disparos de arma de fogo.
Segundo testemunhas, o agente penitenciário já havia recebido ameaças de alguns detentos. Na data do crime, duas motocicletas foram vistas seguindo em direção ao local em que o agente foi encontrado caído.
Richardson não quis gravar entrevista. Ele apenas afirmou que não tem envolvimento com o homicídio e só soube das acusações contra ele nesta terça-feira.
FONTE : DIÁRIO DO AÇO 
  
 http://www.diariodoaco.com.br

GUARDA MUNICIPAL PROTOCOLA NA SEDS INCLUSÃO AO REDS.

Protocolizamos oficialmente hoje na SEDS conforme solicitado pelo Secretário de Defesa Social Bernardo Santana, o pedido fundamentado de inclusão das Guardas Municipais de Minas Gerais no REDS.

“A vitória é o principal objetivo na guerra. Se tardar a ser alcançada, as armas embotam-se e a moral baixa.”
―Sun Tzu.



FONTE:https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10202593508433979&set=pcb.10202593530434529&type=1&theater


Após arguição do Sindpol/MG e demais entidades da Intersindical, governo regulariza parcialmente atendimento em rede conveniada ao IPSEMG no interior.


Em razão de inúmeras reclamações de policiais civis e demais servidores público do interior de várias regiões do Estado à direção do Sindpol/MG em conjunto com a coordenação Intersindical do Serviço Público Mineiro, importante instância de representação do funcionalismo público, acionou o presidente do IPSEMG e o Secretário de Estado de Planejamento e Gestão, no sentido de se regularizar o pagamento da rede credenciada do IMPSEMG para fins de regularização e reestabelecimento do atendimento médico, hospitalar dos pacientes beneficiados. Tão logo recebeu as arguições das entidades o governo na data de hoje já sinalizou pela quitação de grande parte dos compromissos com as redes credenciadas, restabelecendo necessariamente o atendimento. Resta ainda equacionar a situação pontual de Uberaba, no Triângulo Mineiro, onde a rede credenciada exige ainda reajuste na tabela de prestação de serviços, fato mais complexo que demanda análise e tratativa de outros órgãos do governo.
A coordenação intersindical e a direção do Sindpol/MG veem com bom grado o gesto eficaz e pronta resposta do novo governo no atendimento desta importante questão, pois, está diretamente relacionada com a saúde do nosso servidor público e seus familiares.
Outro assunto importante discutido na reunião são os próximos passos dos sindicatos em relação ao atual governo, os presentes decidiram que darão um prazo de 100 dias para o governador deliberar sobre os temas acordados após a eleição. O presidente do Sindpol/MG, Denilson Martins, juntamente com o diretor da Asthemg, Carlos Aguiar se comprometeram a articular com o governador uma reunião com os representantes da Intersindical.
 FONTE:http://www.sindpolmg.org.br/pagina/4027#.VMjjg-NdW0a

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

LUTO:Morre mais um ícone da segurança pública de Minas e do Brasil.


Nota de Pesar
 
Faleceu ontem o Dr. José Rezende de Andrade, Delegado Geral de Polícia, ex- Secretário de Segurança Pública em Minas Gerais, ultimamente desempenhava a função de Presidente do Conselho da Fundação Felício Rocho. Foi Deputado Federal por mandatos pelo partido Trabalhista Brasileiro – PTB.

A direção do Sindpol/MG tem na pessoa do ilustre filiado e grande chefe Dr. José Rezende de Andrade, motivo de grande orgulho e veneração pela forma dedicada e apaixonada com que o mesmo viveu e fez segurança pública, estadista, sério, honrado, honesto e apaixonado pelo direito, segurança e justiça, sempre servindo com boa vontade. Não foram poucas as vezes que o homem público, José Rezende de Andrade, ajudou a polícia civil, a segurança pública e o Sindpol/MG. Ainda no começo de nossa gestão em 2003, o mesmo na condição de diretor da Fundação Felício Rocho, intercedeu pela quitação dos débitos de aluguel em atraso do “novo sindicato”, da corporação que ele representou por mais de 40 anos. Não foram poucas vezes, que, atendendo aos pedidos da nossa entidade sindical, que o mesmo intercedeu para que policiais e/ou familiares de policiais, fossem atendidos na rede hospitalar por sua indicação.

Dr. José Rezende deixa uma lacuna difícil de ser preenchida por outro homem público de igual envergadura, valor e dedicação. Aos familiares e amigos, fica o nosso voto de consolo e condolências. Estejam em paz, pois, nosso amigo combateu o bom combate, cumpriu sua jornada e guardou a fé.

Veja a nota do Hospital Felício Rocho abaixo:



FONTE:http://www.sindpolmg.org.br/pagina/4024#.VMah6ONdW0Y

Presidente do Sindasp-SP,Grandolfo se reúne com deputado Eduardo Cunha, candidato à Presidência da Câmara, para discutir PEC 308 na segunda-feira


     Carlos Vítolo     

Jornalista/Assessor de Imprensa do Sindasp-SP
imprensa@sindasp.org.br

® © (Direitos reservados. A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura do jornalista e do Sindasp-SP, mediante penas da lei.) 


Na próxima segunda-feira (26), o presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo, estará reunido com o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O objetivo da reunião é para discutir e pedir que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 308/04, que cria a Polícia Penal nos estados e na federação, seja colocada na Ordem do Dia para votação na Câmara Federal.

Cunha estará em visita à Sede da Força Sindical, em São Paulo, e Grandolfo irá recepcioná-lo como vice-presidente da Força/SP. O encontro tem o apoio do deputado federal Paulo Pereira (Paulinho da Força), do partido Solidariedade.

O parlamentar é líder do PMDB e candidato à Presidência da Câmara dos Deputados. Ele é apontado como o favorito na disputa. Seu principal adversário é o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP). Também está na disputa o deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG).

FONTE:http://www.sindasp.org.br/

sábado, 24 de janeiro de 2015

Ex-agente penitenciário é preso em Machado por crimes em presídios.

Homem de 32 anos é acusado de corrupção passiva, peculato e estelionato.
Outro agente também foi preso suspeito de facilitar entrada de drogas.

Um ex-agente penitenciário foi preso emMachado (MG) pela Polícia Civil acusado de corrupção passiva, peculato e estelionato. Segundo a Polícia Civil, o ex-agente foi detido preventivamente na noite desta quarta-feira (21) após a conclusão de um inquérito que apontou crimes cometidos por ele no presídio da cidade. Além de Machado, ele também atuou em unidades prisionais deAlfenas (MG), Campos Gerais (MG) e Poços de Caldas (MG).
De acordo com o delegado Juliano Silva do Lago, foram encontradas irregularidades cometidas pelo ex-agente, de 32 anos, em todas as unidades em que ele atuava. Segundo as investigações, até uma fuga de presos teria sido planejada com a ajuda dele. O ex-agente estava afastado do cargo desde dezembro.
O ex-agente foi preso e levado para Poços de Caldas.
Outro agente preso
No final da manhã desta quinta-feira (22), a Polícia Civil prendeu mais um agente penitenciário. Segundo o delegado, o agente trabalhava há dois anos no Presídio de Machado e era suspeito de ajudar na entrada de drogas nas celas. Ele foi detido e levado para a delegacia.
Ainda conforme o delegado, os dois agentes estavam sendo investigados desde 2013. Os dois deverão ser encaminhados para o Presídio Nelson Hungria, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
FONTE:http://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2015/01/ex-agente-penitenciario-e-preso-em-machado-por-crimes-em-presidios.html

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

SINDGUARDAS-MG SE REÚNE COM SECRETÁRIO DE DEFESA SOCIAL.

Reunião com Secretário de Defesa Social Bernardo Santana e subsecretário Rodrigo Teixeira é marcada como marco histórico na relação institucional para representação da categoria de Guardas Municipais do Estado de Minas Gerais.
Em virtude da grave crise e temerosa ruptura institucional provocada pelo episódio fatídico e ação lastimável de policiais que arrebataram um preso das mãos de uma equipe de guardas municipais de Belo horizonte,momento em que esta 
realizava uma ação de combate ao transporte clandestino, agravada pelo fato de um dos militares ter disparado um tiro de bala de borracha contra o rosto da GM Lilian Emiliano de oliveira, que ficou gravemente ferida; fato este, causador de grande perplexidade e estranheza que da monta de fatos a serem investigados, quanto a possível associação de policiais a atividades criminosas, demanda esta que solicitamos que seja encaminhada para apuração das autoridades públicas.
Afim de colaborar de forma oportuna e sensivelmente necessária, pautamos ao ilustre Secretário as seguintes reivindicações:
1-Solicitamos a Inserção das guardas municipais no sistema de Registros de Eventos de Defesa Social- REDS, em virtude da LEI 13022 de 08 de Agosto de 2014, que determina que as Guardas Municipais devam prender qualquer cidadão em atitude conflituosa, criminosa e em desacordo com as leis, encaminhando este diretamente a autoridade policial (delegado de polícia)
2- Solicitamos junto a esta Secretária a viabilização de convênio entre SEDS e PBH para a prática de treinamento complementar de tiros, em unidades das forças de segurança a preferir por Acadepol ou Suapi em face do cumprimento de pré requisitos para liberação de porte armas aos guardas municipais de belo Horizonte.
Compondo a mesa o Secretário de Defesa Social Bernardo Santana , o secretário de Estado Adjunto de Defesa Social, Rodrigo de Melo e o subsecretário de Promoção da Qualidade e Integração do Sistema Integrado de Defesa Social, Maurício A. Santos, Deputado Lincoln Portela o Presidente do SINDGUARDAS-MG Pedro Bueno e executiva, o representante do sindicato dos servidores de Belo Horizonte Israel Arimar,e um membro da comissão de guardas SINDIBEL.
Nosso Lider partidário Deputado Lincoln Portela construindo caminho para inserção das Guardas Municipais de Minas no Registro de Eventos de Defesa Social - REDS.

FONTE: SINDGUARDAS-MGhttps://www.facebook.com/pedro.bueno.942

MAIS:

GUARDA MUNICIPAL

Secretário da defesa social de Minas se reúne com o Sindbel

Os dois principais pontos do encontro foram a relação da corporação com a Policia Militar e a necessidade dos agentes terem acesso ao REDS

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM 22/01/15 - 19h55
Foi realizada na tarde desta quinta-feira(22) uma reunião entre representantes do Sindibel e a Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS), onde foi discutida a relação entre a Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH) e a Polícia Militar. Representando o governo estadual, estiveram presentes o secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Santana, o secretário de Estado Adjunto de Defesa Social, Rodrigo de Melo e o subsecretário de Promoção da Qualidade e Integração do Sistema Integrado de Defesa Social, Maurício A. Santos.

Segundo a entidade sindical, foi solicitada uma averiguação sobre o que ocorreu no dia 16 de janeiro, quando uma agente da GMBH foi atingida no rosto por um tiro de bala de borracha durante uma discussão entre membros da Guarda Municipal e PMs.
O Sindibel alegou que o fato foi um fato isolado, mas destacou a necessidade de se realizar um trabalho para que as intuições tenham uma boa relação.
O ponto principal da reunião foi o pedido de liberação do acesso para preenchimento do Registro de Eventos de Defesa Social (REDS) para os membros da Guarda Municipal. Os representantes do governo informaram que irão agir dentro dos parâmetros estabelecidos pela Lei Federal 13022/1, que regula o funcionamento das Guardas Municipais.
O posicionamento da SEDS foi de total abertura para viabilizar o que for necessário, dentro de sua governabilidade, para o cumprimento da Lei Federal 13022/14 (Estatuto Nacional das Guardas Municipais).
FONTE:http://www.otempo.com.br/cidades/secret%C3%A1rio-da-defesa-social-de-minas-se-re%C3%BAne-com-o-sindbel-1.977890