Contato: henriquecorleone2000@hotmail.com (msn e email)

Treinar

BLOG DO CORLEONE

Camisas da Polícia Penal

sábado, 19 de abril de 2014

Atenção!!!! Novo aparelho para furtar carros.



Uma nova modalidade de furto de veículos, que tem gerado prejuízos a motoristas de outros Estados, como Rio Grande do Sul e São Paulo, pode ter chegado à capital mineira. Trata-se do uso de um dispositivo conhecido como “chapolin”, que, acionado pelos criminosos a certa distância do veículo, bloqueia o alarme e suas funções, como o travamento de portas. O dono acredita que o carro foi trancado, mas o ladrão conseguirá acessá-lo facilmente.
Um aposentado de 67 anos, que preferiu não ter o nome revelado, acredita ter sido vítima do golpe e só não teve os pertences de seu veículo furtados pois desconfiou da armação. Ele disse que no último domingo foi almoçar com sua mulher em um restaurante do bairro Alípio de Melo, na região da Pampulha. Ao estacionar na avenida Abílio Machado, uma das mais movimentadas da cidade, mesmo acionando o controle do alarme, seu carro não trancou.
“Notei que ele não fez aquele barulho das travas sendo acionadas. Como já estava atento a esse tipo de roubo, voltei para verificar se as portas tinham sido de fato trancadas. Para minha surpresa, o carro estava aberto”, contou. Após detectar o problema, ele percebeu que uma mulher sentada no meio-fio, perto do veículo, olhava muito para eles. Por isso, de maneira preventiva, o aposentado preferiu levar o carro a um estacionamento fechado na rua lateral. “Quis garantir a segurança do meu carro”, afirmou.
Após estacionar, quando se dirigia ao restaurante, o aposentado percebeu que a mesma mulher caminhava, possivelmente à procura do carro. “Quando ela nos viu, parou na esquina, ficou olhando e despistou pegando o celular”. Segundo ele, como o carro estava em local fechado, nada foi roubado. Por isso não houve o registro de ocorrência. “Não posso afirmar que ela roubaria o carro, mas a suspeita é forte”.
Sem ocorrênciasDe acordo com Adriano Assunção, chefe da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos da Polícia Civil, não há registros desse golpe em Belo Horizonte. “Mas estamos atentos à situação, e nossas equipes estão monitorando as ocorrências para verificar novas modalidades”, disse.
A chefe do Comando de Policiamento da Capital (CPC), coronel Cláudia Romualdo, também afirmou que não há ocorrências desse novo crime na cidade. “Que eu tenha tido conhecimento, não houve nenhum registro nesse sentido”.
Saiba mais
Porto AlegreOs primeiros casos de furtos de veículos utilizando o dispositivo “chapolin” para bloquear a ação do alarme foram registrados em Porto Alegre (RS). De acordo com Juliano Ferreira, titular da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, quatro pessoas já foram presas em flagrante portando o aparelho naquela cidade. Segundo ele, outras centenas de casos da mesma natureza estão sendo investigadas.
Controle remoto.  Segundo Gláucio Siqueira, professor de telecomunicações da PUC-Rio, o “chapolin” é um controle remoto para eletroeletrônicos, vendido legalmente em alguns países estrangeiros. Os criminosos descobriram um “efeito colateral” desse aparelho: quando acionado, ele inibe e invalida o comando de outros controles, como os dos alarmes de veículos.
Recomendação . A chefe do CPC da capital mineira, coronel Cláudia Romualdo, recomenda que, em caso de furto, as vítimas liguem para o telefone 190. Segundo ela, pode ser possível identificar os criminosos por meio das câmeras de monitoramento instaladas em Belo Horizonte.

Ainda não há equipamento para barrar a ação do ‘chapolin’

A reportagem de O TEMPO procurou mais de dez concessionárias de veículos e revendedoras de acessórios da capital e, em todas, foi possível constatar que não existe, até o momento, nenhum tipo de configuração ou ajuste que possa ser feito no alarme do carro para impedir a ação do dispositivo conhecido como “chapolin”.

“No entanto, em função das últimas notícias de furto no país, já estamos recomendando que os clientes tenham atenção redobrada ao utilizar o alarme, para verificar se o carro foi devidamente fechado”, afirmou Leonardo Oliveira, vendedor de uma loja de acessórios localizada na região Noroeste da capital.

A chefe do Comando de Policiamento da Capital (CPC), coronel Cláudia Romualdo, também recomenda os mesmos cuidados aos motoristas. “Além de apertar o controle do alarme, confira a maçaneta para verificar se o carro travou. Não podemos confiar apenas na tecnologia”. Outro alerta dado pela coronel é para que o condutor não deixe objetos dentro do veículo, sobretudo à mostra. “A orientação é válida para todos, independentemente de haver ou não o golpe”, completou Cláudia.
Fonte: O Tempo

Ladrões bloqueiam travamento de portas de carros para roubar pertences.

Equipamento inibe a frequência do controle remoto que trava as portas. Motoristas devem ficar mais atentos para evitar o golpe

LEANDRO EIRÓ
Rio - Tecnologia a serviço do crime. Os ladrões, em especial no Rio Grande do Sul e São Paulo, encontraram uma nova maneira de furtar objetos deixados dentro dos carros. Um aparelho, batizado de ‘chapolin’, emite uma frequência que bloqueia o alarme acionado pelo controle remoto do veículo, permitindo o seu acesso sem necessidade de arrombamento.
Grandes estacionamentos de shopping center são os alvos preferidos para os ladrões, que acionam o 'chapolin' no momento de fechar o carro
Foto:  Reprodução Internet

Funciona da seguinte forma: o ladrão dispara a frequência do ‘chapolin’ dentro de certa distância do veículo. O dono sai do carro e aciona o controle remoto, julgando que o deixou trancado. Mas o aparelho não permite que o sinal emitido pelo dispositivo acione as travas e o alarme. Após o proprietário se afastar, o criminoso consegue acessar o carro, que na verdade ficou aberto, e rouba os pertences das vítimas.
O 'Chapolin': tecnologia a serviço do crime
Foto:  Reprodução TV
No estado do Rio Grande do Sul, onde há maior incidência deste crime, o aparelho já foi encontrado sendo vendido nas ruas por golpistas. Na Internet também é possível adquiri-lo em sites internacionais, que o anunciam como controle remoto. Há ainda versões complexas da bugiganga, que chegam a copiar a frequência emitida pelos alarmes.
Questionada, a assessoria da Polícia Civil do Rio disse que não tem conhecimento de crimes desta modalidade, assim como não há investigação aberta pela Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA). Esclareceu que as vítimas costumam dar queixas em qualquer delegacia, mas nenhum caso ainda foi direcionado para apuração da especializada.
Como se prevenir
Ao acionar o alarme do carro, confira se as portas foram travadas de fato. Carros mais modernos possuem trancas eletrônicas que geram códigos diferentes a cada acionamento, o que pode impedir a clonagem. Outra atitude válida é acionar a trava de forma mecânica, o velho hábito de virar a chave no carro. Evite também deixar bens no interior do veículo.
FONTE:http://odia.ig.com.br/noticia/automania/2014-04-09/furto-tecnologico-de-automoveis-bloqueador-de-alarme.html

Policiais Militares da Bahia desistem de retomar greve.


Ideia foi discutida após a prisão, nesta sexta-feira (18), do líder do movimento, o vereador bombeiro Marco Prisco

PUBLICADO EM 19/04/14 - 13h42
Os policiais militares da Bahia recuaram da decisão de retomar a greve, encerrada na última quinta-feira (17). A ideia foi discutida após a prisão, nesta sexta-feira (18), do líder do movimento, o vereador bombeiro Marco Prisco.

Representantes das seis entidades envolvidas no movimento e o deputado estadual capitão Tadeu Fernandes (PSB), que assumiu a liderança do após prisão de Prisco e havia convocado um novo aquartelamento dos militares, passaram a madrugada reunidos com a ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e pré-candidata ao Senado pelo PSB, na Bahia, Eliana Calmon.

A ex-ministra disse a eles que uma nova greve, agora, prejudicaria Prisco, já que ele foi preso preventivamente sob a justificativa da necessidade de manutenção da ordem pública. 

Falta de sensibilidade política. Por meio de nota oficial postada no site da entidade, o Sindicato dos Policiais Federais da Bahia (Sindipol-BA) esclareceu as circunstâncias do cumprimento do mandado de prisão do vereador Marco Prisco. O texto diz que a prisão foi realizada por equipes de policiais de Brasília, e por "expressa determinação judicial emanada da Justiça Federal, acolhendo representação do Ministério Público Federal, pelo que descabe, em princípio, qualquer discussão acerca de seu cumprimento".

A nota deixa clara a discordância do Sindipol com o que chamou de "falta de sensibilidade política para cumprimento de citada ordem nesta data, pois além de estarmos em pleno feriado santo, vivemos uma instabilidade institucional da sociedade baiana face aos últimos acontecimentos, apenas agravando ainda mais a insegurança e oportunizando uma retaliação de maneira generalizada".

O sindicato ressalta que "há indícios severos" de estar acontecendo um "processo de judicialização de uma questão política, conduzido de forma débil, e que não pode redundar em confronto ou hostilidades entre forças policiais". Segundo a entidade, o esquema remete a temerárias conclusões sobre a utilização da greve dos policiais para interesses políticos.

A nota destaca que isso quer dizer que "não se quer resolver os graves problemas das categorias policiais ou da segurança pública em profundidade: antes se quer fazer de um movimento legítimo de policiais ganhar a conotação político-eleitoreira, mormente quando se utiliza do processo de desmoralização pública de suas efetivas lideranças".

O Sindipol defende ainda a necessidade urgente de desmilitarização de todas as forças policiais militares estaduais. 

Agência Estado

sexta-feira, 18 de abril de 2014

COM A PRISÃO DO LÍDER GREVISTA,PMBA PODE VOLTAR A GREVE A QUALQUER MOMENTO.

Prisco é preso e greve da PM-BA pode voltar a qualquer momento

SEXTA-FEIRA, 18 DE ABRIL DE 2014MARCADORES: 
O presidente da Associação de Policiais e Bombeiros e seus Familiares do Estado da Bahia (Aspras) e vereador de Salvador, Marco Prisco (PSDB), apontado como o principal líder movimento grevista da Polícia Militar baiana, foi preso na tarde desta sexta-feira (18), na cidade de Santo Antonio de Jesus, no interior baiano.

Com a prisão de Prisco o deputado estadual Capitão Tadeu é quem assume a direção geral da Aspras, uma nova greve deve ser decretada ainda hoje, há informações de que o transporte coletivo de Salvador já foi avisado para recolher mais cedo. Informações exclusivas do Informe Geral Itabuna dão conta de que a Polícia Militar de outros estados podem entrar em greve em protesto á prisão de Prisco.

A decisão prender Marco Prisco foi do juiz federal da 17ª Vara Especializada Criminal, Antonio Oswaldo Scarpa, publicada no último dia 15 de abril, "a Custódia Cautelar deverá ser cumprida em estabelecimento federal de Segurança Máxima pelo prazo de 90 dias". Ainda conforme a sentença, a detenção preventiva Prisco visa "garantir a ordem pública".

O vereador Marco Prisco será levado para Brasília em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que partirá do Aeroporto Internacional de Salvador ainda nesta sexta-feira(18/04).
FONTE:http://informegeralitabuna.blogspot.com.br/2014/04/prisco-e-preso-e-greve-da-pm-ba-pode.html


Após prisão de Prisco, Capitão Tadeu conclama nova paralisação da PM na Bahia

por Lucas Cunha
Após prisão de Prisco, Capitão Tadeu conclama nova paralisação da PM na Bahia
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) emitiu em suas redes sociais uma moção de repúdio a prisão do vereador de Salvador Marco Prisco (PSDB), líder da greve da PM na Bahia, e conclamou a tropa para que "suspenda as atividades imediatamente até que o governo providencie a soltura de Prisco". A assessoria de Tadeu confirmou a veracidade da nota publicada no Facebook e disse que o deputado estava em Jacobina quando soube da prisão, mas já está em deslocamento para Salvador, onde pretende assumir o comando da greve. O Bahia Notícias entrou em contato com a assessoria da Secretaria de Segurança Pública, que informou que, por enquanto, não vai tomar nenhuma posição sobre o caso. 
 
Veja a íntegra do moção de repúdio do deputado Capitão Tadeu, expedido pelo gabinete na AL-BA :
 
"Mesmo após Marco Prisco, vereador de Salvador, ter assinado um acordo aceitando o final da greve, contrariando inclusive parte da tropa, o governo mais uma vez trai a boa vontade dos policiais e bombeiros militares e manda prender Prisco. A prisão ocorre na data que os cristãos comemoram a Sexta-Feira Santa, um dia após o acordo que pôs fim à greve, caracterizando um ato de traição do governo para com os policiais militares. Dessa forma, neste momento, por exigência dos policiais e bombeiros militares, saio da condição de moderador do movimento reivindicatório e assumo a liderança do mesmo. Assim sendo, conclamo toda a tropa para suspender as atividades IMEDIATAMENTE até que o governo providencie a soltura de Prisco." (clique aqui e veja)

FONTE:http://www.bahianoticias.com.br/noticia/153436-apos-prisao-de-prisco-capitao-tadeu-conclama-nova-paralisacao-da-pm-na-bahia.html

sábado, 12 de abril de 2014

Suspeito morre em troca de tiros durante roubo a Agente Prisional.


Um homem morreu após uma troca de tiros durante uma tentativa de roubo no DIC 4, em Campinas (SP), no fim da manhã destaquinta-feira (10). Segundo a Polícia Militar(PM), osuspeito foi baleado por um agente penitenciário, vítima do assalto e que também ficou ferido.
Ainda de acordo com a PM, dois homens participaram da abordagem ao agente, que ocorreu por volta das 10h40. O segundo suspeito também foi baleado no tórax e cabeça e socorrido pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiros aoHospital Municipal Ouro Verde e depois transferido em estado grave para o Hospital Celso Pierro. O agente penitenciário foi levado por moradores para a mesma unidade médica e passa por cirurgia. O caso deve será registrado na 2ª Delegacia Seccional de Campinas.
  •  
Polícia e Corpo de Bombeiros prestaram atendimento no tiroteio em Campinas  (Foto: Wagner Souza / Reprodução EPTV)Polícia e Corpo de Bombeiros prestaram atendimento no tiroteio (Foto: Wagner Souza / Reprodução EPTV)FONTE:http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2014/04/suspeito-morre-em-troca-de-tiros-durante-roubo-agente-penitenciario.html


quarta-feira, 9 de abril de 2014

PL 28/2014 RECEBE EMENDA NO SENADO FEDERAL

quarta-feira, 9 de abril de 2014



EMENDA MODIFICATIVA Nº - CCJ
(Projeto de Lei da Câmara nº 28, de 2014)


Dê-se ao art. 6o
 da Lei no
 10.826, de 22 de dezembro de 2003, na
forma do art. 1º do Projeto de Lei da Câmara nº 28, de 2014, a seguinte
redação:

"Art.6°.....................................................................................
................................................................................................
§ 1°- B. Os servidores públicos do quadro efetivo de agentes e
guardas prisionais poderão portar arma de fogo de propriedade particular
ou fornecida pela respectiva corporação ou instituição, mesmo fora de
serviço, desde que estejam:
I – sujeitos à formação funcional, nos termos do regulamento; e
II – possuam Corregedoria própria e autônoma para a apuração de
infrações disciplinares atribuídas aos agentes penitenciários, assim como
Ouvidoria, sendo órgão permanente, autônomo e independente, com
competência para fiscalizar, investigar e determinar a suspensão e
cancelamento de porte de arma a agentes e guardas prisionais que
cometam infrações consideradas incompatíveis com o benefício.
§ 1°- C. O porte de arma de fogo para os servidores públicos do
quadro efetivo de agentes e guardas prisionais não poderá ser concedido
sem autorização de cessão expedida pelo Poder Executivo do respectivo
Estado ou do Distrito Federal.” (NR)

JUSTIFICAÇÃO 
A presente proposta de alteração legislativa tem como objetivo 
ajustar o disposto pela Lei nº 10.826/2003, garantindo as devidas 
condições para que os agentes e guardas prisionais possam portar arma 
de fogo. 
Em primeiro lugar, é importante reconhecer, dada a diversidade da 
federação brasileira, que a situação carcerária nos diversos Estados 
deve ser analisada com vistas a conceder o porte de armas aos agentes 
e guardas prisionais. Nesse sentido, é importante que cada Estado tenha 
a prerrogativa de autorizar a cessão do porte de arma aos agentes e 
guardas prisionais, a partir de análise substantiva da situação carcerária 
em sua unidade federativa. 
Para que os agentes e guardas prisionais incorporem o porte de 
armas fora de serviço com a devida perícia e sem colocar em risco a 
segurança pública ou a sua própria segurança, é fundamental garantir 
aos agentes e guardas prisionais a formação e o suporte institucional 
adequados. Isto porque a flexibilização da concessão de porte para 
categorias que não dispõem de mecanismos de treinamento e controle 
interno e externo adequados se mostra historicamente catastrófica. A 
experiência do Distrito Federal, cuja lei concedeu porte aos agentes e foi 
recentemente declarada inconstitucional, dá provas disso. Lá, o 
Ministério Público instaurou 10 processos em setembro de 2012 para 
investigar condutas inadequadas de agentes penitenciários com armas, 
como o uso de arma para entrar sem pagar em uma danceteria, o 
disparo contra a bola do filho de um vizinho, ou o disparo durante uma 
briga dentro de uma casa noturna. (ANEXO I) 
Nesse sentido, alguns elementos são extremamente relevantes 
para resguardar a segurança pública do país. Em primeiro lugar, a 
determinação de que agentes e guardas prisionais sejam funcionários
públicos, portanto, estatutários e com dedicação exclusiva, pois isso evita 
que agentes temporários, com alta rotatividade em suas funções, tenham 
acesso a aquisição e porte de arma fora de serviço. Em segundo lugar, 
garantir uma formação funcional adequada ao serviço prestado. Por fim, 
é imprescindível que órgãos de controle, como a Corregedoria e a 
Ouvidora, sejam fortalecidos e tenham competência para regulamentar o 
porte de arma aos agentes e guardas prisionais, sob pena de a 
sociedade padecer com as mesmas atitudes inaceitáveis observadas no 
exemplo, acima citado, de Brasília. O quadro no Brasil não permite 
flexibilizações, tendo em vista que somente 11 dos 26 Estados possuem 
Corregedoria e Ouvidoria. 
Assim, ante o exposto, sendo relevante e meritória a presente 
proposição, contamos com o apoio dos nobres pares para sua 
aprovação. 
Sala da Comissão, 
Senador Eduardo Matarazzo Suplicy
FONTE:http://www.senado.gov.br/atividade/materia/DocsComissao.asp?p_cod_mate=116762

terça-feira, 8 de abril de 2014

Assaltantes roubam armamento restrito em quartel no Norte de Minas.


Suspeitos desligaram a cerca elétrica e entraram pelo telhado; até o momento, ninguém foi preso.

PUBLICADO EM 08/04/14 - 20h11
A polícia procura pelos suspeitos de invadir um quartel da Polícia Militar (PM) e roubar armas de uso restrito em Urucuia, no Norte do Estado.

De acordo com a Polícia Civil, os assaltantes entraram no local durante a madrugada desta terça-feira (8). Eles desligaram a chave do disjuntor do sistema de energia para desativar a cerca elétrica, pularam o muro e entraram pelo telhado, que dá acesso direto à sala onde o material estava armazenado.
Foram roubadas armas, munição e coletes à prova de balas. Ainda segundo a Polícia Civil, não há militares no local durante a noite e, por isso, ninguém viu a ação dos suspeitos.
O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Arinos, que fica a 70 km de Urucuia.
Mais um caso
Em março, a Central Integrada de Escoltas de Ribeirão das Neves, que fica próxima ao Presídio Antônio Dutra Ladeira, na região metropolitana de Belo Horizonte, teve 45 armas roubadas durante a madrugada. Nove agentes que estavam na unidade foram dopados pelos criminosos.
Pelo menos 45 armas foram levadas, sendo 39 pistolas e 6 submetralhadoras, além de 1.344 balas de calibre .40 por criminosos, segundo o comando do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate). Ainda não se sabe quantas pessoas estão envolvidas no roubo e como eles conseguiram entrar no local que conta com agentes penitenciários. 
A Polícia Civil montou uma força tarefa para solucionar o caso.

Atualizada às 20h17
FONTE:http://www.otempo.com.br/cidades/assaltantes-roubam-armamento-restrito-em-quartel-no-norte-de-minas-1.820542